SEGURO CARTA DDR

No setor de transporte de cargas existem duas empresas principais: o Embarcador (que produz mercadorias) e o Transportador (que realiza o serviço de transporte). Logicamente, o Embarcador é o cliente do Transportador.

Dentro dessa relação comercial pode existir um tipo de negociação onde o cliente (embarcador) já possui Seguro de Carga e para diminuir os valores dos fretes, pede que o transportador utilize seu seguro.
Até aqui, um acordo bem normal, certo?
Mas como viabilizar esse acordo, quando o transportador também possui seguro?
É aí que entra a Carta de DDR!
A Carta de DDR, ou seja, Dispensa do Direito de Regresso, tem seu papel principal em isentar a responsabilidade do Seguro do transportador em casos de sinistros de roubo.
Não entendeu?… Tudo bem!
Vou falar de outra forma: A partir do momento em que um transportador entrega uma Carta de DDR à sua seguradora, ele está apresentando um documento que diz que sua empresa não tem responsabilidade de indenizar o embarcador em casos de roubo da carga, pois esse mesmo embarcador já possui e utilizou seu seguro!
A partir dessa isenção, a seguradora do transportador passa a não cobrar os valores de seguro daquela carga, ou seja: Com a Carta de DDR o transportador passa a ficar isento também do custo de seguro para esses transportes.
Além dessas, uma outra função da DDR é a de garantir que a seguradora do embarcador não poderá abrir uma ação judicial contra ele, afim de receber uma indenização paga ao embarcador.
Em resumo, uma vez que o transportador não possui responsabilidade do seguro das cargas desse embarcador, automaticamente não pode ser cobrado o valor de seguro, não pode solicitar uma indenização em caso de sinistro e fica blindado de sofrer um processo por parte da Seguradora do embarcador, para reaver um valor pago como indenização de um roubo. Para que a Carta de DDR seja válida, é preciso conferir:
• Razão Social e CNPJ do embarcador e do transportador
• Vigência – Período de ínicio e fim da validade (podendo ser menor que 12 meses)
• Assinaturas – De todas as partes: Seguradora do Embarcador, Responsável do Embarcador e Responsável do Transportador
Após as conferências, o transportador deve enviar ao seu corretor de seguros para que seja incluído nas apólices!
Após a confirmação da inclusão, as cargas serão isentas automaticamente!

font: insertseguros.com.br